12.11.09

Mosquitos sanguinários



Enquanto eu pintava justamente os tons sanguinários, que trazem mais viva a carne por debaixo da pele, os mosquitos devoravam minhas pernas.

Tive que fazer pausas rápidas para observar a tela. Mal conseguia ficar parado. Não sei se é a hora do dia.... acho que é.

Hoje estive a tarde toda sozinho, só os pombos no pátio e os bentevis (é assim que se escreve agora?) cantando ao meu redor. Os pombos só arrulhavam. Eu por minha vez, pintava.

E pintei, pintei e pintei.... parece que não andou muito... ou parece? Ah! Quer saber? Digam vocês!

Outra coisa.... amanhã não vou postar nada, pois estou viajando daqui a pouco para São Paulo para o lançamento dos Ecopiratas que será no sábado. Então só vou postar alguma coisa na segunda à noite como de praxe.

Bjks!!!

Um comentário:

Fabio disse...

Fala ai, camarada.
Vou acompanhar esta saga atentamente e sempre que possível deixarei alguns comentários. Alguns críticos; outros emotivos; outros exaltando sua bela arte.

abs

 
hits